TOPO
Investigação

Boa Viagem na lista: Empresa vende diploma e jumento é tido como melhor prefeito do Brasil

Reportagem investiga empresas que vendem diplomas de melhor gestor para prefeitos, vereadores e secretários municipais. Entenda como funciona esse negócio na reportagem de Giovani Grizotti.

06/08/2018 09h34Atualizado há 11 meses
Por: Redação
Fonte: Fantástico - G1
4.161
Foto extraída do vídeo exibido pelo programa FANTÁSTICO na noite deste domingo (05)
Foto extraída do vídeo exibido pelo programa FANTÁSTICO na noite deste domingo (05)

Um jumento como um dos cem melhores prefeitos do Brasil? Para ser eleito, precioso não baixou decreto nem cortou pastos; ele só teve que pagar a uma das empresas que vendem diplomas de melhor gestor para prefeitos, vereadores e secretários municipais.

Para mostrar a falta de critérios na hora de conceder esse tipo de premiação, a reportagem conseguiu negociar a compra de um diploma para um jumento – o jumento Precioso. Para mostrar como a UDB vende prêmios, o repórter da RBS TV mandou uma mensagem para o celular da empresa.

O Portal Sert News consultou o site da empresa mencionada na reportagem e baixou a lista completa dos prefeitos do Ceará que segundo a empresa seriam os melhores do ano. Veja abaixo

Ceará

  Fortaleza Pref.Roberto Claudio Rodrigues Bezerra

  Jijoca de Jericoacoara Pref.Lindbergh Martins

  Horizonte Pref.Francisco César de Sousa

  Acopiara Pref. Antônio Almeida Neto

  Barbalha Pref. Argemiro Sampaio Neto

  Maranguape Pref.João Paulo de Castro Carneiro Xerez Silva

  Coreaú Pref. Carlos Félix Albuquerque

  Sobral Pref.Ivo Ferreira Gomes

  Camocim  Pref. Mônica Gomes Aguiar

  Iguatu Pref. Ednaldo de Lavor Coura

  Alto Santo Pref.Maria Irisneile Gadelha Sousa Costa

  São Benedito Pref. Gadyel Gonçalves de Aguiar Gonçalves

  Eusébio Pref. Acilon Gonçalves Pinto Júnior

  Boa Viagem Pref.Aline Cavalcante Vieira

  Itatira Pref.Antonio Almir Bie da Silva

  Frecheirinha Pref. Carleone Júnior

  Barreira Pref.Antonio Alailson Oliveira Saldanha

  Ipueiras Pref. Raimundo Melo Samapio

  Missão Velha  Pref. Diego Gondim Feitosa

  Mauriti Pref. Josevan Leite de Oliveira

  Ipaumirim  Pref.José Geraldo dos Santos

  Itapiúna  Pref.Francisco Dario de Oliveira Coelho

  Jardim  Pref. Aniziario Jorge Costa

  Cascavel Pref. Francisca Ivonete Mateus Pereira

  Fortim Pref. Nacelmo de Sousa Ferreira

  Guaraciaba do Norte Pref.Antonio Adail Machado Castro

  Ocara Pref.Amalia Lopes de Sousa

  Tianguá Pref.Luiz Menezes de Lima

  Juazeiro do Norte Pref.Jose Arnon Cruz Bezerra de Menezes

  Granja Pref.Amanda Arruda Menezes

  Quixeramobim Pref.Clebio Pavone Ferreira da Silva

  Canindé Pref. Maria do Rosario Araujo Pedrasa Ximenes

  Itaitinga Pref.Abel Cercelino Rangel Junior

  Mombaça Pref. Ecildo Evangelista Filho

  Acaraú Pref. Alexandre Ferreira Gomes da Silveira

  Orós Pref. Simão Pedro Alves Pequeno

  Campos Sales Pref. Moesio Loiola de Melo

  São Gonçalo do Amarante Pref. Francisco Claúdio Pinto Pinho

  Russas Pref.Raimundo Weber de Araujo

  Varjota Pref. Francisca Célia Rodrigues de Sousa

  Santa Quitéria Pref.Tomás Antônio Albuquerque de Paula Pessoa

  Pedra Branca Pref. Antônio Gois Monteiro Mendes

  Arneiroz Pref. Edgar de Castro Monteiro

  Ararendá Pref. Aristeu Alves Eduardo

  Crato Pref.José Ailton de Sousa Brasil

  Caucaia Pref. Naumi Gomes de Amorim

  Itapipoca Pref. João Ribeiro Barroso

  Tauá  Pref. Carlos Windson Cavalcanti Mota

  Tabuleiro do Norte  Pref. Rildson Rabelo Vasconcelos

  Aracoiaba Pref.Antonio Claudio Pinheiro

  Pindoretama Pref.Valdemar Araujo da Silva Filho

  Itarema Pref. Elizeu Charles Monteiro

  Redenção Pref. David Santa Cruz Benevides

  Brejo Santo Pref. Tereza Maria Landim Tavares

Fonte: UNIÃO BRASILEIRA DE DIVULGAÇÃO - link http://www.ubd.com.br/ (aba Ceará)

Reportagem do Fantástico exibida neste domingo (05)

Quando começa a conversa, o repórter se apresenta como assessor de prefeituras gaúchas. Em pouco tempo, fecha a compra da premiação do "prefeito Precioso" por R$ 1.480. Na véspera do evento da UBD em Recife, a reportagem entrega o dinheiro ao dono da empresa, Fernando Vieira da Cunha, e recebe a medalha e o diploma.

 

O Precioso é um "gestor nota 10", classificado na pesquisa nacional de utilidade pública entre os “100 melhores prefeitos do Brasil”. A reportagem então apresentou o Precioso ao Fernando:

 

Repórter: O senhor emitiu um diploma em nome de um jumento, o jumento Precioso, bem na sua frente.

Fernando: Sim, sim. E o que é que tem?

Repórter: Mas, um jumento pode ser prefeito?

Fernando: Mas você não mandou imprimir?

Repórter: Mas, um jumento pode ser prefeito?

Fernando: Pode, pode.

 

Nos eventos, os políticos recebem diploma de "vereador mais atuante" ou "prefeito mais atuante". A maioria dos participantes desse tipo de evento usa dinheiro público para pagar pelas inscrições e também gasta diárias pagas pela prefeitura ou pela Câmara para ir nas cerimônias. Fernando admite que o seminário usado como pretexto para entregar a premiação é apenas para disfarçar.

Fernando: Teve cliente que me pagou quase 5 mil, pô. Ele quis seis diárias. Aí, eu incluí na inscrição.

Repórter: Mas a prefeitura paga?

Fernando: Paga.

 

Um levantamento do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul mostra que só no estado o Instituto Tiradentes faturou R$ 116 mil em 2016 e 2017, com três eventos. O Instituto até promove seminários juntamente com a entrega dos prêmios. Mas, o Ministério Público do Rio Grande do Sul acha que os seminários são apenas uma desculpa.

 

"É uma maneira de vender melhor o encontro, de maquiar, na verdade, a falcatrua que se esconde por trás e o conluio existente entre a empresa e o agente público. Esses eventos visam claramente à promoção pessoal do gestor, do agente público e, de outro lado, o lucro das empresas. Nenhuma finalidade pública", declarou o procurador-geral de Justiça do Rio Grande do Sul, Fabiano Dallazen.

 

O Ministério Público já denunciou dois políticos gaúchos pelo uso de dinheiro público para pagar a inscrição nos eventos promovidos por uma terceira empresa. São eles Rafael Malmann, atual prefeito de Estrela, e o ex-prefeito de Mostardas Alexandre Galdino, ambos do MDB.

 

O procurador diz que não existem critérios para escolha dos melhores gestores do Brasil. "O critério é, sim, aqueles prefeitos que se dispuseram a custear com verba pública o lucro da empresa que promove esse falso evento".

 

Falta de critério na premiação

Um exemplo da falta de critério é a escolha de Pedro Henrique Gross como o segundo vereador mais atuante de Terra de Areia, no ano passado. Só que, cinco meses antes da escolha, feita entre os dias 10 e 21 de outubro, Pedro não era mais vereador, ele tinha se licenciado da Câmara para ser chefe de gabinete do prefeito. O político não quis ir receber o tal prêmio. Se quisesse, teria de pagar R$ 578 de inscrição.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Boa Viagem - CE
Atualizado às 08h48
26°
Poucas nuvens Máxima: 32° - Mínima: 21°
27°

Sensação

24.2 km/h

Vento

65.8%

Umidade

Fonte: Climatempo
Animado
NUTRITEC
ESCRITÓRIO BRASIL
Municípios
O melhor Conteúdo II
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
Anúncio
Anúncio