TOPO
História

Há 6 anos Banco do Brasil de Boa Viagem era explodido por quadrilha fortemente armada

História mostra que ação ocorreu na mesma data em que há 27 anos ocorria o primeiro assalto

02/09/2019 11h00Atualizado há 2 semanas
Por: Redação
711
Agência ficou parcialmente destruída, imagem registrada um dia após o ocorrido. (02/09/2013) Foto: História de Boa Viagem
Agência ficou parcialmente destruída, imagem registrada um dia após o ocorrido. (02/09/2013) Foto: História de Boa Viagem

Boa Viagem. Há 6 anos, populares de Boa Viagem no Sertão Central do Ceará vivenciaram uma madrugada de terror, acontecia o segundo assalto a banco na história do município, exatamente na data em que há 27 anos anteriores a explosão de 2 de setembro de 2013, ocorrera em 86, o registro histórico é contado pelo professor e historiador Eliel Junior que através do site História de Boa Viagem revela fatos inéditos como o da morte dos assaltantes do primeiro assalto e o auxílio da população contra os criminosos. 

CLIQUE AQUI E SAIBA SOBRE DETALHES SOBRE O ASSALTO DE 1986

Nesse assalto, os criminosos chegaram quando a população da cidade já estava dormindo, conseguindo tirar proveito do fator surpresa para levar vantagem sobre os agentes da lei.

O bando, que estava dividido em três equipes, em sua maioria camuflados com fardas militares e bem municiados, cronometricamente agiu se espalhado entre os principais pontos da cidade.

O primeiro grupo se colocou estrategicamente nas imediações do presídio, que está localizado na esquina da Rua Teófilo Amaro com a Rua José Leal de Oliveira. 

O segundo grupo, em várias motocicletas, perseguiu a equipe policial do RONDA do Quarteirão, que prontamente refugiou-se fora da zona urbana, tentando entrar em contato por rádio com a sede do 4º Batalhão de Polícia Militar, que está sediado no Município de Canindé, e com às delegacias das cidades vizinhas no intuito de se reagruparem e armarem um revide eficaz.

Ao mesmo tempo em que tudo isso ocorria na cidade, o terceiro grupo, após conseguir alguns reféns, invadiu o banco destruindo uma de suas vidraças e armou cargas de explosivos junto ao cofre, conseguindo com uma pequena pausa realizar duas explosões.

A primeira detonação causou um grande estrago na estrutura do prédio, acordando grande parte da população, que não imaginava o que estava acontecendo e rapidamente congestionou às linhas ligando para o telefone 190.

No presídio, onde ficava o permanente da polícia militar, que estava sob fogo, os cidadãos eram imediatamente informados do assalto e eram alertados para que se acalmassem e não saíssem de suas casas.

Na segunda detonação, que provavelmente recebeu uma maior carga de explosivos, aconteceu um pequeno black-out, que logo voltou a normalidade.

Foram mais de 40 minutos de terror, com explosões, tiros e de correria nas ruas da cidade até que, depois que tinham em mãos aquilo que vieram buscar, empreenderam fuga pelo trecho carroçável da Rodovia Estadual que da acesso ao distrito de Domingos da Costa. 

Certificados da fuga, bando de populares começaram a chegar nas imediações da agência e presenciaram uma cenário de destruição que atingiu não somente ao banco, mas também a alguns imóveis da vizinhança.

 

PORTAL SERT NEWS - CRÉDITOS www.historiadeboaviagem.com.br

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Boa Viagem - CE
Atualizado às 21h50
26°
Poucas nuvens Máxima: 36° - Mínima: 23°
27°

Sensação

21 km/h

Vento

70.9%

Umidade

Fonte: Climatempo
NUTRITEC
Animado
ESCRITÓRIO BRASIL
Municípios
O melhor Conteúdo II
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
Anúncio
Anúncio