Terça, 26 de Maio de 2020 14:09
(88) 9 81453468
Sertão Central Maldade

Vigilante suspeito de maltratar cachorro com choque elétrico é preso em Quixadá

O cachorro estava muito assustado. Quando chegou na delegacia se escondeu debaixo de um sofá.

20/06/2019 11h31
483
Por: Redação Fonte: Diário Sertão Central
A Polícia Civil está precisando de um voluntário para ficar com a guarda provisória do cachorro até a Justiça decidir qual destino dará ao animal.
A Polícia Civil está precisando de um voluntário para ficar com a guarda provisória do cachorro até a Justiça decidir qual destino dará ao animal.

Uma denúncia anônima levou a equipe da Delegacia Regional da Polícia Civilem Quixadá a prender nesta quarta-feira (19)  um vigilante de 26 anos, por maus tratos a um animal.

Através do aplicativo Whats App da delegacia os policiais foram informados que o suspeito estaria maltratando um cachorro dentro da sua residência, no bairro Rodoviária, em Quixadá.

A denúncia ainda apontava que o vigilante, cujo nome não foi revelado, estaria utilizando um taser, um aparelho para aplicar choques. Os gritos do animal podiam ser ouvidos da rua.

 

Após receber denúncia de maus tratos ao animal a Polícia Civil encontrou o cachorro e um taser na casa do vigilante. Fotos > Alex Pimentel

 

A equipe da Polícia Civil seguiu até o local e de fato encontrou o bicho, de raça não definida. O proprietário estava em casa.  Ele alegou que não estava fazendo nenhum mal ao animal doméstico.

Entretanto, de acordo com o delegado Renato Magalhães, foram realizadas buscas no domicílio e encontrada a arma de eletrochoque. O aparelho estava com baterias e funcionando normalmente.

O cachorro, aparentemente muito assustado, foi resgatado pela nossa equipe. Ele deverá aguardar decisão da Justiça para saber qual destino terá, apesar de o vigilante ter afirmado que quer o animal de volta. Enquanto isso, estamos precisando de algum voluntário que possa cuidar do cachorro enquanto o juiz dá a decisão final, mas é preciso esclarecer que ainda não se trata de uma doação“, explicou o delegado.

O vigilante foi liberado após ser lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) contra ele. A pena nesses casos, prevista no artigo 32 da Lei 9605/98 é de detenção, de três meses a um ano, e multa“, acrescentou o delegado.

Policia Civil de Quixadá
Fone (88) 3445 1047
Whats App (88) 9 8821 6771

 

Quixadá - CE

Quixadá - Ceará

Sobre o município
Quixadá é um município brasileiro do estado do Ceará, pertence à mesorregião dos Sertões Cearenses e à microrregião do Sertão de Quixeramobim. É a maior cidade do sertão central, com uma população de 85.371 habitantes. Possui uma área de 2.019,833 km² e uma densidade demográfica de 39,91 hab/km². Wikipédia
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias