Terça, 11 de dezembro de 2018
88 9 9688 9654

30º

Min 22º Max 30º

Parcialmente nublado

Boa Viagem - CE

às 15:08
Sertão Central

26/09/2018 às 11h59

598

Redação

Boa Viagem / CE

Pilotos fazem “vaquinha” para recuperar uma das melhores rampas do mundo de voo livre
“A rampa que detém os recordes na modalidade cross country (Distância) finalmente terá uma estrutura digna de seus resultados. Muita gratidão a todos é muito bom saber que eu e muitos outros de Quixadá não estávamos sonhando sozinhos“, agradeceu.
Pilotos fazem “vaquinha” para recuperar uma das melhores rampas do mundo de voo livre
Os pilotos de Quixadá querem modernizar a rampa da Serra do Urucum e instalar grama sintética.

Cansados de esperar pelas promessas de políticos para a recuperação de uma das melhores rampas de voo livre do mundo, a da Serra do Urucum, ao lado do Santuário de Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão, em Quixadá, um grupo de pilotos de parapente e de asa delta resolveu pedir auxílio aos amigos de outras regiões. O empresário Eurismar Júnior, um dos esportistas apaixonados por essa modalidade está realizando uma vaquinha e com a ajuda de outros pilotos, pretende restaurar o ponto de decolagens da Terra dos Monólitos.


Um exemplo são os pilotos de Canoa Quebrada. Juntamente com as sua associações de voo livre abraçaram a reforma da rampa de Quixadá. As doações deles já passaram dos R$ 1 mil. “A rampa que detém os recordes na modalidade cross country (Distância)  finalmente terá uma estrutura digna de seus resultados. Muita gratidão a todos é muito bom saber que eu e muitos outros de Quixadá não estávamos sonhando sozinhos“, agradeceu.


De acordo com Eurismar Júnior, o objetivo é arrecadar recursos o suficiente para concretar o piso da rampa e instalar grama sintética. Além do visual mais agradável, os equipamentos dos pilotos não sofrerão avarias. Com iniciativas como essa e a realização de competições durante todo o ano, mostrando ventos favoráveis além do período de setembro a novembro, mais procurado pelos pilotos estrangeiros, o movimento é uma opção para o aquecimento da economia local.


Esclarecimento da AVLSC


O atual presidente da Associação de Voo Livre do Sertão Central (AVLSC), o poliatleta Kido Aranha, informou que a iniciativa independente de alguns pilotos não contribuiu para os melhoramentos nas decolagens dos pilotos na rampa pertencente à Diocese de Quixadá, atualmente locada à Prefeitura. Caberia aprovação da administração municipal para realização dos serviços, o que não foi feito, justificou.


Kido Aranha ressaltou que a AVLSC apresentou dois projetos à gestão municipal. Um deles, orçado em R$ 40 mil, será destinado aos reparos emergenciais. No segundo, no valor de R$ 200 mil, está prevista a implantação da grama artificial em toda a rampa, além da urbanização de todo o espaço do paddock. Todavia, a providencia mais urgente é saldar a dívida do aluguel da rampa, de R$ 1,5 mil mensais. O atraso é de 12 meses.


representante administrativo da Diocese de Quixadá, Leôncio Jean Gonçavesconfirmou a dívida financeira e ressaltou, apesar da existência do débito, ser de competência da Prefeitura a liberação da realização de obras no espaço de decolagens dos pilotos de voo livre. Como o contrato ainda está em vigor, a Associação de Voo Livre deve procurar o locatário para resolver o impasse.

FONTE: Diário do Nordeste

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium